SELECT * WHERE {?s ?p ?o} LIMIT 1
Estou em:   Início » 10ª Fecti destacará os 100 ...

Tamanho do texto:   Tamanho do texto menor Tamanho do texto normal Tamanho do texto maior   

10ª Fecti destacará os 100 anos de comprovação da Teoria da Relatividade

A primeira experiência científica para verificar a Teoria da Relatividade Geral, de Albert Einstein, foi realizada no dia 29 de maio de 1919, durante um eclipse total do sol. Para lembrar o centenário dessa experiência tão importante para a ciência, a 10ª Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Fecti) promoverá a palestra “Teoria da Relatividade: 100 Anos da Comprovação Experimental da Teoria da Relatividade Geral”.

 

A 10ª Fecti será realizada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), de 23 a 25 de outubro, na Estação das Docas. “As teorias da Física explicam questões diretamente relacionadas ao funcionamento do universo, como os conceitos de tempo e espaço que estão em nosso cotidiano. É essa relação da Teoria da Relatividade como o nosso dia a dia que a palestra vai mostrar”, ressalta Alexandre Mairraule, da coordenação da 10ª Fecti.

 

Comprovação – A palestra será ministrada pelo coordenador do Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal do Pará (PPGF/UFPA), professor Luís Carlos Bassalo Crispino. Ele explica que a Teoria da Relatividade de Einstein trouxe conceitos revolucionários para ciência, como o fato de espaço e tempo não serem absolutos, como acreditava Isaac Newton, no século XVII. “Isso surge como consequência da constância da velocidade de luz, estabelecida por Einstein com a Teoria da Relatividade Especial, em 1905”, esclarece o professor.

 

Segundo Luís Crispino, a Teoria da Relatividade Geral foi ainda mais revolucionária, pois estabeleceu que “o espaço-tempo é curvo e que o conteúdo de matéria e energia determina a curvatura do universo, por exemplo. Para ideias tão revolucionárias assim, a comprovação experimental é essencial”, diz, justificando a importância do centenário da experiência. 

 

Cotidiano - Na palestra, ele vai mostrar o que o Brasil e o Pará têm a ver com a comprovação da teoria. “Além disso, vou mostrar como a Teoria da Relatividade Geral é importante no cotidiano das pessoas, garantindo, por exemplo, o bom funcionamento do GPS que permite a eficiência dos sistemas de localização utilizados pelos smartphones”, adianta o professor.

 

O trabalho de divulgação e popularização da ciência é desenvolvido por Luís Crispino há mais de 15 anos por meio do projeto “Física e Tecnologia para a Escola” (www.fisescola.ufpa.br), que envolve outros professores da UFPA. O público alvo da palestra são os estudantes do ensino médio, mas todos os interessados podem participar.

 

Serviço

Palestra “Teoria da Relatividade: 100 Anos da Comprovação Experimental da Teoria da Relatividade Geral”, ministrada pelo professor Luís Carlos Bassalo Crispino

Dia: 25/10/2019

Hora: 16h

Local: Teatro Maria Sylvia Nunes, Estação das Docas

 

Texto: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)

Foto: Divulgação (Fisescola UFPA)

 

Imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.

Imprimir este Conteúdo