SELECT * WHERE {?s ?p ?o} LIMIT 1
Estou em:   Início » Sectet faz últimos ajustes para ...

Tamanho do texto:   Tamanho do texto menor Tamanho do texto normal Tamanho do texto maior   

Sectet faz últimos ajustes para a X Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Está nos retoques finais o processo de preparação da X Feira Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, promovida pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) no período de 23 a 25 de outubro, na Estação das Docas, em Belém. No seu décimo ano, a Feira terá muitas novidades na programação, trazendo ao público um olhar amplo sobre a produção científica e de inovação no estado.

 

“Serão valorizadas ações, desde as mais simples às mais sofisticadas, que trazem melhorias de fato para a vida das pessoas, razão principal de qualquer avanço científico”, enfatiza o titular da Sectet, Carlos Maneschy.Serão três dias de intensa programação, com palestras, oficinas, mesas-redondas, exposições, apresentações, estandes, rodadas de negócios, entre outros, que ocuparão os 2.000m² da Estação, entre o Boulevard das Feiras e o teatro Maria Sylvia Nunes, com capacidade para mais de 400 pessoas.

 

“Desenvolvemos hoje o projeto Sectet 360 graus, com atuação em várias áreas da ciência, tecnologia, inovação e comunicação, com ações como o Conecta Pará, Forma Pará, Capacitação Profissional, dentre outros”, destaca o diretor de Ciência e Tecnologia da Sectet, Demethrius Lucena.

 

Demethrius ressalta ainda a participação da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), Biotec Amazônia e instituições de ensino e pesquisa, como Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade do Estado do Pará (UEPA), além do Sebrae no Pará e Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

 

Consta da programação a apresentação de projetos e ações de empreendedorismo social, uso da robótica como auxílio no processo de ensino-aprendizagem, tecnologias sociais, uso de energias renováveis, biojoias, etc.

 

“Convidamos toda a sociedade para conhecer o que de mais avançado estamos produzindo no estado em ciência e tecnologia. Serão três dias em que o público fará uma imersão em novidades, sempre com a visão de que toda e qualquer inovação precisa se traduzir em desenvolvimento para nossa gente”, reforça o diretor Demethrius Lucena.

 

 

Texto: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)

 

 


Imprimir este Conteúdo