Estou em:   Início » Mostra de CT&I foi bem ...

Tamanho do texto:   Tamanho do texto menor Tamanho do texto normal Tamanho do texto maior   

Mostra de CT&I foi bem avaliada em Redenção

 A Mostra de Ciência, Tecnologia e Inovação de Redenção foi bem avaliada pelos participantes,  mais de 1.500 pessoas entre estudantes e empresários do município que tiveram acesso a uma ampla programação composta de palestras, bate-papos, exposição interativa, além de atividades de difusão e popularização da produção científica e tecnológica regional. O evento foi realizado pelo Sebrae e pela Secti, nos dias 21 e 22, no parque de Exposição Pantaleão Ferreira, para incentivar o comportamento empreendedor, por meio da disseminação de conhecimentos científico-tecnológicos, práticas inovadoras e experiências envolvendo tecnologias sociais.

 

A dona  do Viveiro Pontal, Ieda de Fátima de Lima,  um dos quatro empresários atendidos pelo  Sebrae que estavam com estandes na Exposição da Mostra,  avalia de forma positiva sua participação. “Foi uma iniciativa muito boa, pois tivemos a oportunidade de mostrar o que fizemos de inovação em nosso negócio, interagir com outros empresários e com a população de Redenção, e aprender coisas novas”, destaca.   
 
A empresária mostrou como reduziu gastos após a implantação de um sistema de irrigação com aspersor invertido. “Antes, para a irrigação eram necessárias duas pessoas para molhar as plantas o dia todo, sendo 8h de água. Hoje,  molhamos  apenas duas vezes por dia, com 1h de água. Isso gerou uma economia de 33% com água, energia e pessoal”, destaca Ieda, que está à frente do negócio que foi criado em 2004. O Pontal tem uma área de 6 mil metros quadrados, onde são comercializados plantas, flores e acessórios para jardinagem e paisagismo. 
 
Com 59 anos, Tertuliano de Souza Araújo deixou o emprego de quase uma década para abrir seu próprio negócio. “Há um bom tempo eu estava querendo procurar o Sebrae. Agora foi uma boa chance e gostei bastante do evento e do que o pessoal do Sebrae me disse”, comentou o senhor, que pretende se formalizar como microempreendedor individual e legalizar a prestação de serviços com munck - equipamento utilizado para a elevação e a movimentação de cargas e materiais pesados e ponte rolante. 
 
Tertuliano foi atendido no estande do Sebrae na Mostra, onde foi prestado atendimento  a quem deseja abrir um empreendimento ou melhorar o  negócio que já tem, com informações importantes sobre o uso de ferramentas de gestão para a melhoria nos produtos, processos e serviços prestados.  
 
Para o gerente do escritório regional Araguaia, do Sebrae no Pará, Francisco Marcelino, a Mostra reforça as ações de incentivo à inovação para os pequenos negócios e aproxima ainda mais a instituição de seus clientes. “Inovar é  um passo fundamental para ser mais competitivo no mercado, por isso a Mostra é tão importante. Por isso o Sebrae promove esse evento e outras ações de incentivo a práticas de inovação”, destaca.
 
“Trazer para o empreendedor do município instrumentos como gestão do conhecimento, propriedade intelectual e uma gama de serviços que a secretaria tem hoje, como parques e incubadoras, foi importante para mostrar estamos comprometidos em criam um ambiente propício para a inovação. Acreditamos nos efeitos positivos da Mostra agora e futuramente”, disse o diretor de inovação tecnológica da Secti, Isaías Barbosa. 
 
Na Mostra, também foram apresentadas tecnologias sociais, com atividades voltadas, sobretudo, à agricultura familiar e ao aproveitamento de água de chuva e de rio, entre outros projetos e várias instituições como a Universidade Federal do Pará (UFPA). 
 
Texto: Silvaneide Guedes - Comunicação Sebrae
 
Imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.

Imprimir este Conteúdo