putlockerscanli bahiscanli casino
Estou em:   Início » Secti e Sebrae assinam convênio ...

Tamanho do texto:   Tamanho do texto menor Tamanho do texto normal Tamanho do texto maior   

Secti e Sebrae assinam convênio para fomentar a inovação paraense

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e o Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/PA) celebraram convênio, nesta quarta-feira (2), destinado a fomentar práticas de inovação  e empreendedorismo no estado do Pará. Ao todo, serão quatro projetos que serão desenvolvidos de forma conjunta entre as duas instituições: o Observatório de Ciência e Tecnologia, o Portal Paraense de Inovação, as Mostras de Ciência e Cultura e a Revista Ver-a-Ciência.

 

Para o titular da Secti, Claudio Ribeiro, a parceria com o Sebrae é de grande importância para dar continuidade aos projetos já em andamento focados na melhoria da qualidade dos processos e produtos ofertados à população e no aumento da competitividade das pequenas e médias empresas paraenses. “O Sebrae é o principal parceiro de uma estratégia que tem como meta incentivar a inovação como forma de contribuir para o desenvolvimento do Estado, porque a instituição trabalha com um público muito importante para a economia paraense, que são os pequenos negócios”, destaca.

 

Segundo o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Vilson Schuber, os convênios firmados fortalecem a atuação da instituição no Estado, ao potencializar o acesso de empresários e empreendedores aos produtos e serviços do Sebrae. “Firmar mais essa parceria com a Secti é muito importante para que o Sebrae possa cumprir seu papel como instituição de fomento à adoção de práticas de inovação nos pequenos negócios. Todos os projetos apoiados vão ajudar a estreitar muito o relacionamento do Sebrae com seus clientes”, destaca.

 

Trabalhando em conjunto - Já em fase de desenvolvimento, o Observatório de Ciência e Tecnologia reunirá informações sobre prestação de serviços, mão-de-obra, cursos, áreas de atuação, produtos e oportunidades das empresas, instituições de pesquisa, laboratórios e universidades do Estado do Pará.  O principal objetivo é construir uma aprimorada base de dados para reunir informações num único espaço e facilitar, assim, o acesso por parte dos públicos de interesse.  O projeto está sendo desenvolvido pela Secti e pela Faculdade de Ciência da Computação da Universidade Federal do Pará (UFPA) e, com o apoio do Sebrae, a previsão é de que seja lançado  no segundo semestre de 2014.

 

Outro projeto que o Sebrae apoiará é o Portal Paraense de Inovação, que está sendo desenvolvido desde 2011 pela equipe da Secti. Com muita informação e um amplo banco de dados, o Portal pretende se constituir numa plataforma inteligente que relaciona ofertas e demandas na área de inovação no Pará, de modo a incentivar uma atuação integrada de setores estratégicos no mercado.

 

Projeto itinerante criado em 2009, as Mostras de Ciência e Cultura, organizadas pela Secti, ganharão um importante reforço a partir do convênio com o Sebrae: a inserção de atividades específicas ligadas à inovação. A programação, que é levada para diferentes municípios, inclui minicursos, oficinas, palestras, seminários e exposições interativas promovidos por diversas instituições de ensino e pesquisa. Com o novo apoiador, as Mostras ganharão um diferencial ao incluírem atividades ligadas ao empreendedorismo inovador. “As Mostras serão muito importantes, pois darão visibilidade a experiências bem sucedidas já adotadas por pequenos negócios e disseminarão conhecimentos de forma prática”, acredita Claudio Ribeiro.

 

O Sebrae apoiará, ainda, a publicação da Revista Ver-a-Ciência, destinada a dar visibilidade à produção científico-tecnológica paraense e às iniciativas voltadas ao desenvolvimento de um ambiente inovador na Amazônia. Lançada em 2012, a expectativa é consolidar a revista como um canal aberto para todas as instituições paraenses ligadas à Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento e alcançar um público diverso com informação de qualidade.

 

Texto: Ana Carolina Pimenta (com informações da Comunicação Sebrae)

 

Foto: Divulgação Sebrae

 

 

 

Imagem: 
Imagem ilustrativa da notícia.

Imprimir este Conteúdo